free bootstrap templates

História do Vidro

História do Vidro

Não se pode afirmar com precisão a data de origem do vidro, mas, com a descoberta de objetos de vidro nas necrópoles egípcias, pode se garantir que ele é conhecido há pelo menos 4 mil anos.

Sabe-se também que ele foi aperfeiçoado pelos romanos que, já naquela época, dominavam os processos de lapidação, pintura, coloração, gravura e até a moldagem no vidro soprado.

Sabe-se ainda que, em Veneza, a indústria vidreira experimentou grande expansão e que os venezianos se tornaram famosos pela sua habilidade em trabalhar com o vidro. Conta a história que os operários de Veneza que lidavam com o vidro eram tão importantes para Veneza que se proibiu sua saída para o estrangeiro e mais ainda, todas as oficinas e fábricas se concentravam numa ilha – Murano – próxima de Veneza para facilitar o controle da produção.

Felizmente, alguns operários furaram o cerco, dirigindo-se para a Alemanha, fazendo com que rapidamente a indústria vidreira prosperasse em toda a Europa. É verdade que, segundo relatam os historiadores, muito desses operários acabaram sendo mortos, pagando pela rebeldia e desobediência, mas não existe fato histórico que não inclua os seus heróis. Os operários venezianos podem, portanto, ser apontados como os heróis da indústria do vidro em todo mundo.

Durante vários séculos o setor se desenvolveu e merecem registro, além da Alemanha que se tornou célebre pela utilização do vidro esmaltado e pela reprodução de desenhos famosos, a Inglaterra e a França, que contribuíram para o aperfeiçoamento dos processos de produção e para valorizar o caráter estético e artístico das peças de vidro.
A Revolução Industrial consolidou a moderna indústria do vidro e mais recentemente, sobretudo a partir dos anos 50, a tecnologia de fabricação alcançou outros patamares, com aperfeiçoamento de novos produtos, ampla utilização dos vidros de segurança, vidros com superfícies tratadas entre outros avanços proporcionados pelas mais recentes descobertas tecnológicas.

Endereço:

Rua Granada, 30, Jd Fazenda Rincão, Arujá - São Paulo